Quinta-feira, 31 de Maio de 2007
Diz que está a chegar o Verão



E nós gostamos é de dançar.



publicado por Laura Abreu Cravo às 11:03
link do post | comentar |

Quarta-feira, 30 de Maio de 2007
Desporto de eleição? O jogo de cintura.


publicado por Laura Abreu Cravo às 22:04
link do post | comentar |

Terça-feira, 29 de Maio de 2007
O difícil foi ficar sentado, com tanto sangue a ferver.



Esta noite, no CCB, não esperava grande coisa. Tinha ouvido duas ou três músicas do tal cantor flamenco que me era anunciado como coisa fora de série por um amigo próximo. Longe de figurar na lista das minhas escolhas naturais, Cigala levou-me, ainda céptica, sobretudo pelo bom pretexto de rever uma cumplicidade antiga. O concerto começou, com esta mesma música e o cigano de sangue fervente mas na altura ainda morno fez-se acompanhar pelos mesmíssimos Yumitus no piano, Yelsy Heredia no contrabaixo, Diego El Morao na guitarra e SABU na percussão.
As músicas foram-se seguindo, a sala aquecendo e aquela voz poderosa entre o choro cantado e o grito resvaladiço encheu todos os cantos e espaços e passou, como um braço á volta da cintura delas e um outro à volta do ombro deles, seduzindo-os um a um.
A paixão — estado de exaltação e arritmia — germina no impacto da surpresa. Seja quando essa surpresa dimana do embate primeiro, seja quando — depois de muitos contactos e repetidos encontros, sem que deles tenha surgido efeito especialmente entusiasmante — aparece sob a forma de revelação, véu levantado de descoberta do já antes visto mas não enxergado.
Esta noite, lamentavelmente, seria a noite ideal para nos termos apaixonado.


publicado por Laura Abreu Cravo às 23:31
link do post | comentar |

Era só isto que o senhor tinha de ter feito. Não custava nada.


publicado por Laura Abreu Cravo às 16:04
link do post | comentar |

Segunda-feira, 28 de Maio de 2007
Era para não ser nada daquilo
Era para não ser nada daquilo, quando saíram de casa, numa Sexta-feira à noite, para o concerto de Dave Matthew’s Band que foi — pelo menos para uma delas— a personificação melodiosa do enfado.
Era para não ser nada daquilo, quando resolveram, para animar cada uma, ir jantar a um restaurante mediano e contribuir — em larguíssima medida— para as boas notícias que o CEO da Moet & Chandon tenha para dar aos seus accionistas, no fecho das contas do ano em curso; e, bem assim, conseguir jantar numa quase tasca a preços que rondam a dívida externa da polónia.
Era para não ser nada daquilo, quando entraram num bar sem grande graça e fizeram um memorável número vocal com um amigo que sabe sempre ser o mais correcto dos amigos, no melhor e mais adequado dos momentos.
Era para não ser nada daquilo quando, no Lux, e sempre acompanhadas da sua flut, transitavam do house progressivo para o revival do disco sound como se fossem uma e a mesma sonoridade e como se, nunca na vida, tivessem ouvido outras batidas.
Era para não ser nada daquilo, quando o sol nasceu, para mais um dia, e perceberam, todas, que enquanto fosse tudo aquilo, e estivessem lá, cada uma delas, nada poderia correr (realmente) mal.
Ainda bem que foi.


publicado por Laura Abreu Cravo às 17:42
link do post | comentar |

Não perguntem porquê. E queiram, por favor, desconsiderar as legendas.*

[Stevie Wonder - Live in Madrid 1995 - Isn't she lovely]

* Esqueçam lá isso. Afinal, as legendas são ainda melhores do que a música.



publicado por Laura Abreu Cravo às 16:23
link do post | comentar |

Para que fique claro
Os finais felizes acontecem (é, pelo menos, o que me garantem peritos mais empiricamente versados sobre o assunto). Facto notório é que não dão boas histórias e, por isso, são, como exercício teórico, absolutamente desprovidos de interesse para os padrões de exigência desta casa. Sobre o tédio como matéria-prima, queira, por favor, o leitor mais ansioso, buscar, nos escaparates das melhores livrarias, qualquer publicação da Sr.ª D. Lídia Jorge.
Obrigada


publicado por Laura Abreu Cravo às 12:54
link do post | comentar |

Perfil do investidor - Conservador [prospecto completo]*
[Il Gattopardo - 1963]

* Carteira composta por uma pool de acções de grupos empresariais sólidos de países europeus e da América do norte adequada para investidores que busquem um potencial de retorno fixo a longo prazo através do investimento em activos relativamente imunes às flutuações do respectivo mercado.


publicado por Laura Abreu Cravo às 10:11
link do post | comentar |

Perfil do investidor - Agressivo [prospecto completo]*
[Dangerous Liaisons - 1988]
* Carteira composta por uma pool de acções de grupos empresariais de países em vias de desenvolvimento ou mercados emergentes adequada para investidores que busquem um elevado potencial de retorno em troca do investimento em activos particularmente vulneráveis às flutuações do respectivo mercado.


publicado por Laura Abreu Cravo às 10:02
link do post | comentar |

Sexta-feira, 25 de Maio de 2007
A cada uma, a guilhotina que merece. E o esquecimento.


[What Ever Happened?, The Strokes]

publicado por Laura Abreu Cravo às 14:44
link do post | comentar | ver comentários (1) |

Laura Abreu Cravo
Em@il
Na Jukebox Mental

Pesquisar
 
Outros Venenos
31 da Armada
Revista Atlântico
Últimas Entradas

O Mel Com Cicuta acabou

Dos princípios vergados a...

Da falta de saídas profis...

O rei da selva

Vamos lá falar de coisas

O primeiro dia do nosso V...

A Corte

...

Por Deus, façam cerimónia...

Vai haver muita foto nest...

Arquivos

Outubro 2011

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

blogs SAPO
Subscrever feeds