Sexta-feira, 8 de Junho de 2007
Vidas interessantes
Aconteciam sempre coisas novas, não necessariamente boas. As (raras mas não pouco importantes) coisas boas eram mitigadas por uma qualquer reminiscência amarga, pela exaustão trazida da aspereza do caminho. A todos os momentos chegavam e partiam pessoas e elas iam assistindo àquelas chegadas e partidas e permanências como se estivessem de fora da sua própria vida. Jantavam e tinham longas conversas e desconstruiam a realidade como se aquilo que cada uma sentia na pele lhes estivesse mais distante do que na verdade estava. E assim sobreviviam. Pela relativização, pela racionalidade, e pelas (poucas mas importantes) coisas boas que lhes traziam a solidez de espírito.
Não fugiam aos embates e tinham um jeito muito próprio de curar as mazelas de cada uma e de todas as outras aplicando uma lógica de compensações impossível de perceber para quem estivesse de fora mas que lhes era absolutamente indispensável.
Sabiam exactamente o que queriam, o que podiam ou não fazer, o que lhes era negado. Desrespeitavam a impossibilidade com ironia e olhavam o infortúnio de soslaio e a serenidade (que lhes era negada) com um suspiro.
Aconteciam sempre coisas novas, não necessariamente boas: eram vidas interessantes que a serenidade, felizmente, arruinou.


publicado por Laura Abreu Cravo às 15:55
link do post | comentar |

Laura Abreu Cravo
Em@il
Na Jukebox Mental

Pesquisar
 
Outros Venenos
31 da Armada
Revista Atlântico
Últimas Entradas

O Mel Com Cicuta acabou

Dos princípios vergados a...

Da falta de saídas profis...

O rei da selva

Vamos lá falar de coisas

O primeiro dia do nosso V...

A Corte

...

Por Deus, façam cerimónia...

Vai haver muita foto nest...

Arquivos

Outubro 2011

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

blogs SAPO
Subscrever feeds