Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008
da culinária aplicada

Nunca gostei de coentros. Acho o sabor impositivo, o cheiro demasiado intenso. A pequenina erva, a par de outros “temperos”, tem a peculiaridade de neutralizar qualquer outro sabor que o alimento condimentado pudesse ter, passando a revesti-lo do seu próprio. O coentro aloja-se, acomoda-se, contamina e impede-nos de desfrutar do que quer que esteja à volta, roubando, pela sua agressividade, a subtileza e a singularidade dos outros. Dir-me-ão que é uma questão de aprender a apreciar o seu infinito particular? certamente. Mas, para isso, é preciso que se goste de coentros. Ou, pelo menos, que se consiga tolerar-lhe o sabor.



publicado por Laura Abreu Cravo às 13:06
link do post | comentar |

Comentários:
De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2008 às 08:34
São coentros... podiam ser pessoas.

Não sou fã da planta. O mesmo não posso escrever sobre estes últimos posts do reino animal e a fauna do little britain, em particular. São deliciosos pedaços recheados de metáforas suculentas.

Vá, mais.


De Luis Serpa a 21 de Fevereiro de 2008 às 15:25
Não, cara Laura Abreu Cravo. Basta encontra alguém que saiba dosear os coentros, e provavelmente mudará de opinião. Se mesmo assim continuar a não gostar de coentros - um amigo meu chamava-lhes "uma erva diabólica": deve haver coisas piores.


Comentar post

Laura Abreu Cravo
Em@il
Na Jukebox Mental

Pesquisar
 
Outros Venenos
31 da Armada
Revista Atlântico
Últimas Entradas

O Mel Com Cicuta acabou

Dos princípios vergados a...

Da falta de saídas profis...

O rei da selva

Vamos lá falar de coisas

O primeiro dia do nosso V...

A Corte

...

Por Deus, façam cerimónia...

Vai haver muita foto nest...

Arquivos

Outubro 2011

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

blogs SAPO
Subscrever feeds