Domingo, 26 de Novembro de 2006

Embora seja discutível a qualidade da fotografia tirada, à pressa, por detrás do vidro do carro em andamento, era esta beleza que o Guincho tinha hoje à minha espera. Quando, depois de sentir na pele uma maldade, percebi que vai sempre haver no mundo lugares e pessoas que cuidam de nós. Como um estojo de primeiros socorros para a alma.



publicado por Laura Abreu Cravo às 20:44
link do post | comentar | ver comentários (3) |

Estão a ver quando vamos ao volante, vemos um buraco na estrada, percebemos que, do lado oposto, há uma fila de carros estacionados que impede o desvio e que o desvio para o lado contrário a esse nos deixaria em contramão e perigo de desastre iminente, vamos demasiado depressa para travar a tempo e, portanto, resignadamente mas não sem um fundado temor dos efeitos, nos deixamos cair passivamente naquele buraco (enquanto fazemos um esgar e um ranger de maxilares)?
É isto, mas em matéria de sentimentos. Acho que lhe chamam qualquer coisa como inevitável.


publicado por Laura Abreu Cravo às 20:24
link do post | comentar |

Sábado, 25 de Novembro de 2006
Um comandante de bombeiros agora entrevistado na SIC dizia:

— Precisamos de mais Homens no terreno.

Eu não teria dito melhor. E isto, meus amigos, não tem nada a ver com bombeiros.


publicado por Laura Abreu Cravo às 13:22
link do post | comentar |

Na intersecção do Uganda com os Fiordes
Fruto das inundações causadas pela recente intempérie, esta casa algures em Campo de Ourique afigura-se um campo de refugiados com mobiliário de design nórdico. Aguarda-se auxílios.


publicado por Laura Abreu Cravo às 13:07
link do post | comentar |

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2006
Um post realmente confessional




publicado por Laura Abreu Cravo às 16:30
link do post | comentar |

31 (da Armada) a 25 (de Novembro)


publicado por Laura Abreu Cravo às 15:08
link do post | comentar |

Quarta-feira, 22 de Novembro de 2006
Não sei se tudo está bem quando acaba bem. Só sei que tudo o que é mau fica bem melhor quando acaba.


publicado por Laura Abreu Cravo às 22:19
link do post | comentar | ver comentários (1) |

A pergunta mais cruel dos últimos tempos
Tens a certeza que vais ser feliz assim?

publicado por Laura Abreu Cravo às 22:14
link do post | comentar |

A pergunta mais difícil dos últimos tempos
Exactamente quanto é que gastou em sapatos este mês?

publicado por Laura Abreu Cravo às 22:13
link do post | comentar | ver comentários (2) |

A pergunta mais idiota dos últimos tempos
Tens a certeza que sentes mesmo isso?

publicado por Laura Abreu Cravo às 22:11
link do post | comentar |

Laura Abreu Cravo
Em@il
Na Jukebox Mental

Pesquisar
 
Outros Venenos
31 da Armada
Revista Atlântico
Últimas Entradas

O Mel Com Cicuta acabou

Dos princípios vergados a...

Da falta de saídas profis...

O rei da selva

Vamos lá falar de coisas

O primeiro dia do nosso V...

A Corte

...

Por Deus, façam cerimónia...

Vai haver muita foto nest...

Arquivos

Outubro 2011

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

blogs SAPO
Subscrever feeds